(38) 9 8834-0105

contato@associacaopresente.org.br

(38) 3213-4296

Montes Claros - MG

NOSSA HISTÓRIA

No dia 28 de junho de 2013 começava em Montes Claros uma história de amor. Uma casa de apoio, construída no Bairro Canelas, abria as portas para receber, por vez, 32 pacientes e acompanhantes. ‘‘Era um sonho que se realizava”, conta a Dra. Priscila Miranda, médica oncologista e presidente da Associação Presente.

A sementinha deste sonho germinou anos antes. Em 2004, quando o sacerdote Padre Sebastião Raimundo de Castro, acometido pelo câncer e em tratamento com a médica Priscila Miranda, sentiram-se tocados com a dificuldade de pacientes carentes em tratamento de câncer na região do Norte de Minas Gerais. Foi assim que nasceu o Projeto Presente, que mais tarde se tornaria Associação Presente.

Antes de partir, o Padre Tiãozinho pediu para que eu não desistisse do nosso sonho de acolher os irmãos com câncer. Ele disse que mandaria o sinal dos céus, e manda sempre, abençoando a casa, os colaboradores e assistidos’, afirma a oncologista.

Desde quando foi fundada em 2004, a associação já ajudou mais de 7.000 pessoas. A estrutura conta com área de lazer para realização de trabalhos manuais, oficinas de artesanato e terapia ocupacional, uma capela para celebrações semanais, oito amplos quartos com quatro leitos em cada um, para pacientes e acompanhantes, refeitório, salas de atendimento para equipe de colaboradores.

É um lugar abençoado. Se não existisse, não sei o que seria de mim e de milhões de pessoas que passaram e vão passar por aqui, afirma Marta Janete, paciente assistida pela casa em 2017.

NOSSA MISSÃO

Promover assistência, cuidado e amparo a jovens, adultos e idosos carentes com câncer e atuar na prevenção e diagnóstico precoce da doença.

NOSSA VISÃO

Ser referência como instituição filantrópica e exemplo de voluntariedade de apoio a pacientes com câncer na Região Norte de Minas Gerais.

NOSSOS VALORES

Voluntarismo, servir com amor, solidariedade humana, caridade, religiosidade, participação na comunidade, acolhimento, convívio harmonioso entre voluntários, pacientes e família.